4 Causas de queda de cabelo feminino

By | 30 de julho de 2018

Existem certos elementos responsáveis pela queda excessiva do cabelo feminino. Esse tipo de situação mais comum do que se pode imaginar e, geralmente pode ser o efeito colateral de alguma doença, falta de vitaminas, falta de nutrientes e problemas de controle dos hormônios.

Os principais fatores para se preocupar com a quedas dos cabelos é se cai muito cabelo caindo durante a lavagem, ao escovar, junto com oleosidade, irritações no couro cabeludo, falhas, fios que quebram com facilidade ou estão ralos.

Tentar lidar da mesma forma todos os tipos de queda de cabelo, em boa parte das vezes, mostra-se ineficaz. Pois é preciso estabelecer como está funcionando o organismo e suas possíveis debilidades para, então, obter uma avaliação e realizar os exames necessários. Boa parte da queda surge com o envelhecimento e elementos de causas hereditárias.

1) Anemia, estresse, ansiedade e depressão

Esses fatores podem causar ou aumentar a condição na queda dos cabelos. A anemia é a falta de nutrientes e desordem no funcionamento do sistema imunológico, trazendo cansaço, palidez e acabando com a resistência dos fios de cabelo. O humor é fundamental tanto para melhorar quanto para piorar a queda. A mudança de humor de forma natural em momentos isolados não causa danos, mas o estresse crônico, ansiedade constante e doenças como a depressão muda bruscamente a função hormonal.

2) Problemas com alimentação

No ritmo de rotina dos dias atuais não temos tempo que nos permitam ter uma boa refeição saudável e equilibrada. O alto consumo de produtos industriais traz poucos nutrientes para o corpo. O organismo se preocupa mais com o funcionamento das funções básicas e deixa de lado o cuidado com os cabelos.

Mesmo pessoas que levam uma alimentação balanceada com variedade de alimentos podem sofrer com a falta de nutrientes e proteínas que atuam no crescimento dos fios de cabelo.

Continuando na questão da alimentação, vegetarianos e veganos tem maior probabilidade de sofrer com a queda de cabelo devido a uma alimentação irregular, sem carnes ou qualquer outro derivado animal. Os alimentos de origem animal têm muitos nutrientes e vitaminas difíceis de serem obtidas nos vegetais como o ferro. Buscar alimentos que ajudam na prevenção da queda capilar.

3) Gravidez e amamentação

Existem muitos casos de perda de cabelo durante e após a gravidez. Quando grávida, a mulher passa a apresentar fios de consistência mais fina devido ao aumento do estrogênio. Mas depois do parto a quantidade do estrogênio volta ao normal enfraquecendo mais o couro cabeludo. Tudo isso faz parte do acumulo de energia para o nascimento da criança que necessita de força, energia e vitaminas e nutrientes para o desenvolvimento do feto. Isso faz com que o corpo da mãe fique deficiente.

Durante a amamentação as vitaminas e nutrientes se concentram no leite materno, deixando o organismo da mãe mais de lado.

4) Química nos cabelos

O uso de tratamentos progressivos, baby liss, chapinha, tintura e alisamento durante um grande período, enfraquecem os fios levando a queda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *